Posts da categoria 'No Secreto…Identidade'

Se eu partir sem me despedir,
Agradeça ao entardecer. Eu fiz meu ocaso!
Fica a lua no céu e a estrela no firmamento…
Diga que fui com o vento!

Agradeça ao mar pelo infinito azul,
pelo sabor de saudade e o ruído de mistério, distante ou perto, sempre em mim, o mar…

Aos pássaros do céu minha gratidão pelas manhãs barulhentas!

Ao vento, obrigada, pelos recados costumeiros, fiel mensageiro de minhas saudades…

Às flores dos jardins, dos pampas sem fim, que perfumaram meus sonhos, idos e derradeiros, o meu amor por inteiro.

Se eu partir sem me despedir,
Agradeça a chuva que regou meus campos, brotou minha semente, acolheu minhas lágrimas.

Às montanhas majestosas, rios e cachoeiras, que banharam meus filhos, tão amados filhos!
Ao meu Rio Guaíba, ouvinte tão silente.

Agradeça ao sol da manhã pelo brilho!

A minha mãe, obrigada pelas canções de ninar, pelos colos de abrigo, pelas coragens ensinadas!
Agradecerei eu mesma ao meu pai… Brincadeiras e sorrisos, trocados numa vida inteira!

Aos amigos verdadeiros, os que o sangue me deu e os que a vida me entregou,
Agradeça pelo afago, pelas palavras, pela paz.

Agradeça por mim, ao Senhor.

Se eu partir sem me despedir e, não tiver alguém prá me ouvir…
Agradeça ao meu amor!

Jane Abel/RS – Abril/2008
(Baseado na obra de José Geraldo Martinez)

Prelúdio pra ninar gente grande (Menino Passarinho)
Composição: Luiz Vieira

Quando estou nos braços teus
Sinto o mundo bocejar
Quando estás nos braços meus
Sinto a vida descansar.

No calor do teu carinho
Sou menino-passarinho
Com vontade de voar
Sou menino-passarinho
Com vontade de voar

Paz do Meu Amor
Composição: Luiz Vieira

Você é isso, uma beleza imensa
Toda recompensa de um amor sem fim
Você é isso, uma nuvem calma, no céu de minh’alma, é ternura em mim,
Você é isso, estrela matutina, luz que descortina um mundo encantador.
Você é isso, É parto de ternura, lágrima que é pura, paz do meu amor.

Ouça comigo – Jessé…

Hoje é uma noite qualquer, de uma segunda-feira qualquer, mas a saudade que sinto é tão grande tão grande, que parece ser hoje uma noite qualquer, de uma segunda-feira qualquer… (Jane/RS)

Uma vez num final de ano qualquer, este link foi meu cartão de Boas Festas aos amigos.

Deleitem-se

Jane/RS

Um carinho recebido

jane.jpg

Ao meu lindo amor que me inspira letras, dirijo meus melhores pensamentos. Uma semana de pura luz pra todos nós que pensamos o bem, repleta de saúde, paz e prosperidade, dignidade e respeito.

…O vôo é sempre lúdico quando se sonha, sem vôo, sem trégua… mas o pouso ahhh o pouso… só é seguro se fincar as âncoras na légua… grudando a imagem na luz e a realidade no arco-íris… em busca do pote dourado entre nuvens débeis… da chuva torrente… de-mente… somente flui… (Jane Abel)

Escrevo ao meu especial amor e deixo letras ao mundo, desejando uma semana de paz, de luz, de muita saúde, de plenitude com o universo e seus cenários ímpares, com muito respeito ao ser-irmão, sempre em busca de nossa perfeição impossível de alcançar, mas é nesta busca inalcançável que podemos nos aprimorar enquanto criaturas.

Ao meu amor: Nossos rumos envoltos em ventania… as velas revoltas quase derretem, mas trazem o perfume do além, do eterno que nos protege e nos espera… onde se encontra o cinza ontem, que ao hoje azul se abraça e traz a saudade do amanhã que será vivido… saudade do tu sem comparação… do alguém sem imitação… chegando no meu coração e colhendo o puro amor incomparável, invencível… até que seja por si mesmo superado… vivido e celebrado… e as velas continuarão queimando e exalando no ar o perfume do além-mar… onde estaremos sempre, em união. (Jane Abel)

robo.jpg

Certa vez o chamaram de robô

:)

 

Finda um domingo sereno e ensolarado, que se despede em chuva fina e mansa. Me sinto leve, apaixonada e em paz.
Venho homenagear um amor sem fim e distribuir uma felicidade azul que em mim fez morada e, que desejo penetre em corações tantos e tantos, para que nossa semana seja abençoada, produtiva, pacífica e cheia de luz.

Poema do Menino Jesus (Fernando Pessoa)

“Jesus Cristo… Ele dorme dentro da minh’alma… as vezes ele acorda de noite e brinca com meus sonhos, vira uns de perna para o ar… Quando eu morrer, seja eu a criança, pega-me Tu ao colo, leva-me para dentro de Tua casa, deita-me na Tua cama, despe meu ser, cansado e humano, conta-me histórias caso eu acorde para eu tornar a adormecer e dá-me sonhos Teus para eu brincar…”

Maria Bethânia: “O doce mistério da vida”

Para o meu amor, linda semana!

…para celebrar o amor de oferecer… só recebendo o amor de dar… não há amor no desvelo… no brinde… na oferenda… amor é troca com comunhão, regra sem direção… fome e gula de paixão… é espelho de almas… com reflexos na luxúria… na lua… na libido… na tua… amor é vôo espalmado de organismo vivo, pulsante… que vibra, vive e morre, pela ótica da luz do etéreo… (Jane Abel)

« Página anteriorPróxima Página »

Clicky Web Analytics